1º Torneio de Society do clube da ASTCU supera expectativas, e Diretoria sinaliza segunda edição

1º Torneio de Society do clube da ASTCU supera expectativas, e Diretoria sinaliza segunda edição

(Jornalista:Milena Abrahão Khoury)

Para aliviar o estresse, fortalecer os vínculos de amizade e promover a qualidade de vida, nada melhor do que a prática de esportes em um ambiente propício e agradável. Foi nesse clima de congraçamento que dirigentes da ASTCU e servidores-atletas participaram, no último domingo (25), do 1º Torneio de Futebol Society promovido no campo recém-inaugurado do clube da associação.

A competição contou com a presença de cinco times, sendo os quatro primeiros (Velez, Barcelona, Coinfra e Zebra) formados por servidores do TCU e o quinto convidado para melhorar a forma de disputa, composto por colaboradores do Sindilegis e por amigos. Os respectivos capitães foram Regis Machado (Sefti), Alison Souza (Adgecex), Fernando Graeff (SeinfraPortoFerrovia), Gerson Sousa (SecexEducação) e Felipe Maia.

O modo de disputa consistiu em cada uma das equipes jogar contra todas as outras, em sistema de pontos corridos (vitória = 3 pontos; empate = 1 ponto; derrota = 0 ponto). Após os dez jogos, com duração de 15 minutos cada, estariam classificados para a grande final os dois melhores colocados. O décimo jogo, no entanto, não aconteceu, pois, mesmo que o Barcelona vencesse o Coinfra e igualasse os 9 pontos do Velez, ele havia perdido desse último no confronto direto (jogo 8) e, portanto, não se classificaria para a final.

Inspirados, os servidores Victor Oliveira (SecexFazenda) e Rafael Bittencourt (SecexDefesa) estufaram as redes dos adversários e marcaram a maioria dos gols do Velez, levando à equipe à final. Entre um drible e outro, Ricardo de Abreu Resende (SeinfraPortoFerrovia) fez bonito e marcou dois dos três gols do Coinfra, conquistando a artilharia do time. Luiz Felipe (Gabinete do Ministro Vital do Rêgo) e Alison Souza foram os destaques da equipe do Barcelona.

Para o servidor Ricardo Resende, o torneio foi bem organizado, além de ter contribuído para estreitar os contatos entre os colegas do TCU e para estabelecer novas amizades. “O campeonato foi bem legal. O Paulinho Gogó tomou um ‘couro’ nosso nos jogos. Ganhamos de 3 a 0 da equipe dele, uma verdadeira ‘sacolada’, divertiu-se Resende”.

Por sua vez, o servidor Paulo (‘Gogó’) Roberto Moreira Lopes (SecexEducação) protagonizou um lance inusitado, cortando a bola com as mãos, o que quase lhe causou uma expulsão. O juiz, cuja atuação no torneio como um todo foi bastante elogiada por todos, foi condescendente e aplicou-lhe apenas um cartão amarelo.

Atuação da ASTCU

Quanto à iniciativa da ASTCU na promoção de eventos esportivos, as equipes consideraram fundamental o papel da entidade para agregar os servidores e manter um ambiente de lazer. Os atletas disseram apoiar completamente a ASTCU, esperando que esse tenha sido apenas o primeiro de vários campeonatos no novo campo, unanimemente aprovado.

Segundo o presidente Regis Machado, capitão da equipe Velez, o intuito principal do torneio foi confraternizar e apresentar aos servidores do Tribunal o recém-inaugurado campo. “As estruturas do clube estão cada vez melhores. Somos referência no tênis de saibro e possuímos as únicas quadras de pádel de Brasília. Agora, contamos também com o melhor campo de grama sintética da cidade. Nós tínhamos que trazer os colegas para jogarem aqui”. Devido ao sucesso do evento, que superou todas as expectativas, ele já promete realizar uma segunda edição do torneio ainda neste ano.

“Estou muito satisfeito com o resultado positivo do torneio. A Diretoria está trabalhando com afinco para melhorar as estruturas do clube. O sucesso desse evento é a prova de que os nossos colegas de trabalho estão percebendo a mudança e prestigiando cada vez mais o espaço, que efetivamente lhes pertence”, pontuou o vice-presidente da ASTCU e diretor do Sindilegis, Alison Souza.

A final foi disputada lance a lance entre as equipes Velez e Sindilegis, que não desperdiçou as chances de gol e venceu a final por 2 a 0, numa partida emocionante. Os verdadeiros campeões, no entanto, foram os participantes do torneio.

468 ad