Clube da ASTCU vai inaugurar o melhor campo de Futebol Society de Brasília

Clube da ASTCU vai inaugurar o melhor campo de Futebol Society de Brasília

(Jornalista:Milena Abrahão Khoury)

 

A Associação dos Servidores do Tribunal de Contas da União (ASTCU) irá entregar, em meados de abril, sua mais recente obra de revitalização nas dependências do clube. Trata-se da inauguração do novo campo de Futebol Society, que inova ao implantar a mesma grama sintética utilizada no estádio do Atlético Paranaense, a Arena da Baixada – Curitiba (PR).

Além do alto padrão de qualidade (homologada pela Fifa, inclusive para realização de partidas oficiais, a medida vai gerar uma série de benefícios ao clube e aos associados: menor esforço e custo para a manutenção, economia de água, campo disponível em perfeitas condições durante o ano inteiro.

Com a conclusão das obras de mais uma modalidade esportiva a ser oferecida no clube, os servidores terão a oportunidade de desfrutar de mais qualidade de vida, além de estreitar seus vínculos de amizade, fator que melhora a socialização também no ambiente de trabalho.

A reforma ainda vai assegurar à associação uma fonte extra de receita, por meio do aluguel do campo, gerando recursos que serão revertidos em outras benfeitorias para o clube.

 

2º Campeonato Brasileiro de Futebol Society dos Tribunais de Contas

Por intermédio da ASTCU, os servidores do TCU foram convidados pela Associação dos Servidores do Tribunal de Contas do Rio de Janeiro (ASTCERJ) para participar, entre os dias 15 e 18 de junho, naquela cidade, do 2º Campeonato Brasileiro de Futebol 7, com competições nas categorias livre e master (acima de 40 anos). O evento é exclusivamente voltado para os servidores dos Tribunais de Contas.

Quem vai organizar a participação da delegação do TCU no torneio é o AUFC Gerson Sousa (ramal 7749). Segundo ele, a expectativa é que haja uma boa adesão entre os tribunais convidados, de modo que os jogos sejam competitivos. “Estamos nos mobilizando internamente para reunir um rol de participantes que englobe as duas categorias para representar nossa associação, a ASTCU, e esperamos voltar com mais um título para casa”, cogitou o servidor, um dos poucos atletas canhotos do Tribunal.

Questionado sobre a relevância desse campeonato para os servidores, Gerson Sousa salientou que a prática de esportes propicia uma interação que ultrapassa os jogos, fortalecendo os laços de amizade inclusive entre colegas de trabalho de áreas diversas no tribunal. “Além disso, é importante que estejamos em atividade, melhorando o condicionamento físico e o bem-estar”, arrematou.

Para praticar o Futebol Society, não há restrições quanto a peso ou idade. Há, apenas, uma divisão em categorias quando se trata de campeonatos.

468 ad