Notícias

Projeto Quintas Musicais homenageia mães em seu mês

Projeto Quintas Musicais homenageia mães em seu mês

20 de maio de 2019

Maestro Cláudio Cohen ressalta o talento promissor de Ana Cesário

(Jornalista: Milena Abrahão Khoury)

Para transformar o Dia das Mães em um momento para recordar, no mês dedicado a elas, a ASTCU preparou uma programação recheada de amor para servidoras e colaboradoras do TCU celebrarem. Trata-se de uma apresentação de música brasileira instrumental com o duo Ana Cesário (flauta) e Rafa Flores (piano), oferecida pelo tradicional projeto Quintas Musicais.

O evento será realizado no Auditório Arnaldo Prieto, a partir das 17h do próximo dia 23.Na ocasião, além de um delicioso coffee break, a plateia participará de sorteios de brindes, tais como: vouchers para escovar os cabelos no salão que funciona nas dependências do Tribunal, chocolates da Kopenhagen e CDS das musicistas.

 Trajetória na música- A jovem e talentosa Ana Cesário graduou-se em flauta pela Universidade de Brasília (UnB) e, em seu processo de formação, contou  com o olhar atento e apurado da renomada flautista alemã Mechthild Bier. Também estudou com conceituados profissionais, participou de vários festivais de música e tocou em orquestras, bandas sinfônicas e grupos de câmara (música executada em ambientes pequenos e intimistas por um número reduzido de instrumentos ou vozes).

 Em 2015, em viagem pela Alemanha, Ana Cesário teve aulas com o professor Paulo Gouveia (Johannes Brahms Konservatorium) e ainda se apresentou na cidade de Merseburg e no pequeno castelo Peissnitz Haus (na cidade de Halle). Além disso, participou de um Masterclasses (cursointensivo) com o brilhante flautista italiano Davide Formisano, cujo país também foi palco de apresentações da musicista. No Brasil, a flautista já se apresentou no Clube do Choro de Brasília, entre outros locais.

Para o Maestro da Orquestra Sinfônica do Teatro Nacional Claudio Santoro, Cláudio Cohen, Ana Cesário desponta no cenário brasiliense com um dos talentos promissores da nova geração de músicos da cena popular do Distrito Federal. “Vale a pena conferir a performance musical dessa da artista”, recomenda o Maestro.

Rafa Flores – Autodidata, a musicista iniciou seus estudos em 2003, mas seu dom a inspirou a graduar-se, em 2010, em piano erudito. Contudo, o encanto pela música despertou nela o anseio de desenvolver habilidades de canto e violão. Profissionalmente, participou de diversos festivais de música, aprimorando seus conhecimentos com as eminentes pianistas Maria Teresa Madeira (Brasil), Nadezhda Eysmont (Rússia) e Ancuza Aprodu (França).

 Em 2013, encampou um projeto musical cujo objetivo era contar histórias cotidianas de pessoas com deficiência. Rafa Flores também ministra aulas de musicalização para crianças a partir de 4 anos e para adultos de todas as idades: sua aluna mais idosa tem 87 anos. Conforme esclarece, além do desenvolvimento preparatório para o mercado de trabalho, o ensino musical contribui de forma efetiva para a saúde física e emocional.

Dueto na mídia – Com seu talento reconhecido,representando o duo, Ana Cesário concedeu entrevistas à Rádio Câmara, à Rádio Nacional e à Revista do Choro do Rio de Janeiro. Na oportunidade, ao falar de suas influências artísticas, citou grandes nomes como Altamiro Carrilho, Sérgio Morais, Paulo Moura, Moacir Santos e Hermeto Pascoal.

 Confira o repertório: Pixinguinha – Carinhoso; Pixinguinha – Rosa; Altamiro Carrilho – Carioquinhas no Choro; Ana Cesário e Rafa Flores – ImprôBaião; Hermeto Paschoal – Bebê; Chiquinha Gonzaga – Plangente (Valsa Sentimental); Chiquinha Gonzaga – Passos no Choro; Zequinha de Abreu – Tico-Tico no Fubá; Iara Gomes – Vila do Luís; Diana Mota – Na Madeira do Medeiros; Avena de Castro – Okykryas; Pattápio Silva – Primeiro Amor; Tom Jobim – Luiza; Astor Piazzolla – Libertango; Jota Quest– Amor Maior(cantado).

Mais informações: 3316-7321/7184.

Author: